FAME - Faculdade de Medicina de Barbacena

O Fundador da Faculdade de Medicina de Barbacena

Com uma notável trajetória, o atual Deputado Bonifácio José Tamm de Andrada teve fundamental importância para a criação da Faculdade de Medicina de Barbacena. Grande idealizador, ele fez tornar realidade seu desejo de contribuir socialmente para a melhoria de Barbacena através da implantação desta Faculdade, que até os dias atuais forma médicos de qualidade, contribuindo expressivamente na saúde em seu cenário nacional. Em entrevista, ele conta um pouco de como ocorreu a fundação da Faculdade de Medicina de Barbacena. 

Deputado Bonifácio José Tamm de Andrada, o que o motivou a criar uma Faculdade de Medicina em Barbacena?

No primeiro momento, quando eu pensei em criar uma Faculdade de Medicina em Barbacena foi com o objetivo de amenizar o problema do Hospital Colônia que assistia os doentes mentais. Barbacena era uma cidade que estava com má fama por causa do funcionamento do Hospital Colônia, o que deixou na cidade memórias um tanto esquisitas, lamentáveis e tristes, próprias da assistência psiquiátrica com as deficiências da época, embora os doentes fossem pessoas de outras cidades, pois quase 100% vinham de fora. Naquela época, a psiquiatria estava atrasada, limitando-se a cuidar do doente mental de duas formas: através de choque ou de amarras. Esses doentes eram muito difíceis e a situação era grave. Chegou um momento que esse Hospital Colônia teve cerca de 6000 doentes mentais, numa época em que a população de Barbacena era de vinte e poucos mil habitantes. Tendo em vista esse quadro, eu fiquei sensibilizado e percebi que precisávamos criar uma Faculdade de Medicina para que seus professores e estudantes, pudessem dar um apoio maior ao Hospital Colônia, que era uma instituição de estudo do governo mineiro. Apesar do avanço muito grande que as medicações específicas trouxeram a partir de 1955, na forma de recuperar estes doentes mentais, era necessária ainda uma conscientização no meio médico da cidade para compreender o significado do Hospital Colônia. Diante disso, a Faculdade começou com esse grande objetivo. Formar o médico, mas com a ênfase no ensino de psiquiatria. Tanto é verdade, que a primeira turma que se formou, praticamente toda optou pela psiquiatria.


Quais foram os primeiros passos para concretização desse ideal?

A primeira coisa que eu fiz, foi uma reunião com os principais médicos de Barbacena sobre o assunto. Quando falei em criar uma Faculdade de Medicina na cidade, muitos deram apoio; mas uma parte mínima foi contra, inclusive aquele que seria praticamente o consolidador da Faculdade, o Dr. José Américo Nunes Resende. Ele e muitos outros temiam não haver na cidade meios para tal empreendimento. Mas, não desanimei e continuei nesse trabalho. Fui a Belo Horizonte, fiz contatos com o Conselho Estadual de Educação, com a Secretaria de Educação e me inteirei bem sobre os vários passos que deveria tomar.

Consegui organizar, inclusive, uma série de documentações burocráticas. Tive o apoio da professora Adaise Delbem da Cruz Machado, que foi secretária da FUPAC e contribuiu muito com sua experiência. Nesta fase, tivemos o apoio e auxílio de um grande nome da medicina mineira, o ilustre Professor Oswaldo de Melo Campos que levantou uma lista de profissionais locais e de fora que tinham condição para serem professores. Após todo esse trabalho, enfrentei uma verdadeira luta para conseguir a documentação necessária e mostrar a importância da Faculdade aqui em Barbacena. Em seus primórdios, a Faculdade de Medicina funcionou no prédio onde se encontrava as instalações da antiga 'Escola Agrícola', ao lado dos outros cursos superiores já existentes da FUPAC. Hoje, no lugar da ‘Escola Agrícola’, há o Instituto Federal de Educação de Tecnologia. Devido à sua expansão, logo percebemos a necessidade de transferi-la para a área na qual hoje se encontra a Faculdade de Medicina. Na época, conseguimos subsídios federais através do então Deputado José Bonifácio, patrono da FAME, que foi fundamental para construir o prédio. Logo que o prédio foi construído, indicamos o Dr. João Almeida Barros Lima para assumir como diretor. Quando ele se afastou, convocamos o Prof. José Américo Nunes Resende. Ele foi realmente a figura base para a Faculdade e ao seu lado um assistente científico, um médico muito ilustre, o Dr. Rubens Metelo de Campos, que era professor nas áreas de psiquiatria, psicopatologia em Juiz de Fora, sendo uma figura de muita expressão. Nesta fase, a Faculdade de Medicina pertencia à FUPAC – Fundação Presidente Antônio Carlos - mas julgamos de melhor caminho criarmos uma Fundação para dela integrar a FAME, e após reunião com vários representantes do setor médico, foi a mesma implantada com o nome de José Bonifácio Lafayette de Andrada.



Outro Fato significativo nos primórdios da Faculdade foi a vinda dos maranhenses para Barbacena. Como isso aconteceu?

Logo no início da criação da Faculdade de Medicina, o Ministério da Educação passou por uma crise, visto que o governo na época baixou uma resolução constando que todos os alunos que passassem nos exames de faculdade de medicina tinham o direito de serem matriculados. E a Faculdade de Medicina do Maranhão fez o vestibular, onde 100 alunos foram aprovados, mas só havia 50 vagas e os alunos restantes não puderam ser matriculados. O ex-presidente José Sarney, que era um homem de muita expressão política no Maranhão, ficou em uma situação embaraçosa, pois seus opositores começaram a fazer uma onda muito forte contra ele. Por isto, pressionou Jarbas Passarinho, que era Ministro da Educação, para resolver a vida desses alunos que ficaram fora das matrículas. Sarney procurou o Deputado José Bonifácio dizendo que sabia da abertura de nossa Faculdade de Medicina em Barbacena e pediu para que fossem nela admitidos esses alunos do Maranhão. Sendo assim, o Deputado informou que Sarney deveria me procurar, pois estava dirigindo a Faculdade. Imediatamente, Jarbas Passarinho, Ministro da Educação me telefonou e disse: “Ôh Deputado (eu era Deputado Estadual na época), sei que a sua Faculdade está se organizando agora, mas você podia dar um jeito de receber essa turma do Maranhão. Você podia formar duas turmas, uma seria com aqueles que saíram do vestibular e a outra turma, com os estudantes maranhenses que iriam para Barbacena”. Eu sabia bem que o pedido era importante, porque precisava do Ministro da Educação para reconhecer a Faculdade. A vinda desses alunos seria uma solução que ajudaria a reconhecer oficialmente a Faculdade. Dessa forma, concordei e veio para Barbacena uma turma inteira de alunos maranhenses, todos aliás de boa qualificação. Destes que se formaram aqui, ficaram poucos na cidade, apenas o Dr. Francisco Muniz Neto e o Dr. José Pacheco Leite. E eles realmente eram bons alunos e até ajudavam a Faculdade, uma vez que compreendiam a importância que ela passou a ter para todos. Tal fato foi sobretudo muito significativo para o nascimento da Faculdade.

Sabemos que a figura de Luigi Bogliolo também teve muita importância para a Faculdade de Medicina de Barbacena. Gostaria que o senhor falasse um pouco sobre o papel que ele desempenhou aqui.

Realmente, a figura dele foi muito relevante. Ele trouxe prestígio para a Faculdade de Medicina de Barbacena. Luigi Bogliolo era um professor renomado internacionalmente em Anatomia. Natural de Sassari, na Itália, ele ministrou aulas nas principais universidades de Roma e Berlin. E seu livro de Anatomia Patológica é adotado até hoje em vários cursos de Medicina. Bogliolo residia em Belo Horizonte e era titular da Faculdade de Medicina da UFMG. De lá veio para Barbacena, trazido pelos irmãos Tafuri, Washington Luiz Tafuri e Celso Pedro Tafuri, que eram pessoas amigas e naturais de Barbacena. Washington Tafuri que era aluno dele em Belo Horizonte, me prometeu trazer o Professor Bogliolo para nos ajudar em Barbacena. Como italiano, se interessou muito por nossa cidade, porque viu aqui muitas famílias de sua Pátria. Ofereceu apoio e se entregou inteiramente ao trabalho para a consolidação da Faculdade. Orientou toda a construção do novo prédio, onde a Faculdade se encontra nos dias atuais, além de fixar algumas diretrizes acadêmicas e científicas. Por isso, Bogliolo representa uma figura muito valorosa para a implantação da Faculdade. Ao lado de Bogliolo é preciso destacar outra personalidade de elevado valor, o Professor Rubens Metelo, que ajudou na construção acadêmica da Instituição.



Para finalizar, gostaria que o senhor comentasse, além dos que já foram citados, as pessoas de relevância no processo de consolidação da Faculdade de Medicina de Barbacena.

A Faculdade precisava de apoio para ser criada e o Prof. Osvaldo de Melo Campos deu apoio total e com ele conseguimos enfrentar algumas oposições no Conselho Estadual de Educação para autorizar a criação da Faculdade. O Deputado Federal José Bonifácio, meu pai, também teve fundamental importância, pois conseguiu apoio do Ministério da Educação e os meios financeiros necessários como subvenções para construir o atual prédio quando, nessa época, surgiu a figura do Professor Bogliolo. Outro nome que ajudou muito foi o entusiasta da Faculdade, o Sr. Chaquib Itar Sad, um grande industrial da cidade, homem de negócios e de muito prestígio. Ele me incentivou muito e estimulou seu filho João Batista Costa Sad (o 'Zizo'), que era Prefeito da cidade na época, a nos apoiar na aquisição dos principais laboratórios que precisávamos. A criação da Faculdade foi dentro dessa linha. Mas, foi um esforço muito expressivo.
Enfim, hoje me alegro por essa trajetória e por ver que todo esforço que tive, com vários amigos, resultou nesse sucesso que é a Faculdade de Medicina, formando médicos de alta qualidade para Barbacena, Minas e Brasil.




Portal do Aluno

Portal dos Funcionarios

Portal dos Egressos

Biblioteca

Últimas Notícias

Participe dos Acadêmicos da Alegria!


Editais, e Demais Informações Aqui!
Resultado Final do Vestibular 2º Semestre de 2018


Resultado Aqui!
Programa de Bolsas Nacionais do Santander Universidades


Edital de Seleção Aqui!
Disciplinas Optativas 2º Semestre de 2018


Calendário, Regulamento e Editais Aqui! Inscrições Iniciaram em 30 de Julho 2018
Acolhimento aos Calouros 2º Semestre de 2018


Clique Aqui para ver Programação
Resultado da Prova Objetiva e Redação 2º Semestre de 2018


Resultado Aqui!
Edital do Processo Seletivo de Transferência 2º Semestre de 2018


Edital Aqui!
Resultado Geral da Avaliação dos Docentes Pelos Discentes no 1º Semestre de 2018


Resultado Aqui!
Gabarito do Vestibular 2º Semestre/2018.


Gabarito Aqui!